Eurico acredita que protestos estão sendo feitos para desestabilizar o futebol (Foto: Uol)