Jovem de 27 anos é executado com oito tiros em Icó

No local de trabalho

A população de Icó ficou chocada com uma execução que vitimou o jovem Eliabe Alves de Oliveira, de 27 anos. O crime aconteceu nessa terça-feira (24), às 14h30, no lava a jato em que a vítima trabalhava. Ele era natural de Cedro e foi alvejado com mais de oito tiros quando chegava ao lava a jato.

Os policiais militares comandados pelo capitão Juarez e os inspetores da Delegacia Regional de Polícia Civil, Júnior Pernambucano, Egberto e Márcio Lima, estiveram no local arrolando testemunhas e realizando os primeiros levantamentos de praxe.

A vítima ainda foi socorrida com vida pelos policiais para o Hospital Regional de Icó, onde faleceu logo em seguida. Um dos envolvidos no crime acabou sendo preso. Ele foi reconhecido em imagens nas câmeras de segurança.

Antes da execução, o vigilante José Wellington Baltazar Lourenço, de 26 anos, foi visto com um desconhecido em atitude suspeita. Ele confessou ao delegado regional, Erlon Leite Fernandes dos Reis, a participação na morte do funcionário do lava jato.

José Wellington foi autuado em flagrante pelo pela prática de homicídio (Foto: Richard Lopes/agência Miséria)

A polícia encontrou no Sítio Retiro, duas motos roubadas, sendo uma Honda Fan CG125, vermelha, de placa OCO3536 e uma Honda Fan CG150, cinza, de placa NUZ7131. Segundo o delegado, uma das motos roubadas teria sido usada pelos assassinos. A moto do vigilante, uma suzuki, foi apreendida e se encontra na delegacia.

Com a prisão do vigilante, a polícia espera que com o decorrer das investigações os executores acabem presos. Na hora da fuga, a dupla de delinquentes de moto teria sido flagrada por uma mulher dizendo que o alvo não seria aquele, o que leva a polícia a crer que ocorreu um erro de execução, mas tudo estar sendo investigado.

Fonte Site Miséria Com Informações do repórter Richard Lopes

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Carregando...