Ex-presidiário morto a tiros em Campos Sales foi o segundo homicídio em menos de 24 horas

Homicídio no Cariri

Policiais militares de Campos Sales estiveram no local do crime (Foto: Reprodução/Redes sociais)

O ex-presidiário Jerfeson de Souza Feitoza, de 22 anos, o “Popó” que residia na Rua Cícero Simão de Alencar, 460 (Bairro Aparecida) em Campos Sales, foi morto a tiros por volta das 18h30 deste sábado. Ele tinha acabado de sair de sua residência e passava à pé nas imediações da Rodoviária naquele bairro quando foi surpreendido pelos disparos efetuados por dois homens que fugiram numa moto Honda Bros.

A vítima tinha conquistado liberdade da cadeia pública de Campos Sales há alguns dias e morreu após ser lesionada na cabeça Uma patrulha com os Sargentos Filgueiras e Rafael, o Cabo Antonio e os Soldados J. Paulo, Stefano e Charles esteve no local a exemplo de uma ambulância do SAMU, cujos profissionais de saúde apenas atestaram o óbito. A vítima tinha várias passagens pela polícia e, recentemente, esteve preso por crimes de tráfico de drogas, invasão de domicílio e arrombamento.

Este foi o segundo homicídio do mês de novembro em Campos Sales e o 14º do ano no município ou 87,5% em relação aos 16 assassinatos registrados no decorrer do ano passado. Na noite desta sexta-feira foi encontrado numa cova rasa no Sítio Queimadas o corpo de Roberto Alexandre da Silva, de 26 anos, morto a facadas e a polícia prendeu os acusados Dionio Joaquim de Sousa, de 21, e Jaqueline da Silva de Barros, de 22 anos, naquela localidade.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório
Carregando...