Homem de 86 anos morre no dia do pedestre ao ser atropelado por moto em Brejo Santo

Acidente no Cariri

O aposentado Pedro Rodrigues da Silva, de 86 anos, morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro por volta das três horas da madrugada desta quarta-feira. O óbito coincidiu com o dia mundial do pedestre, mas ele tinha sido atropelado por uma moto às 11 horas do último domingo (05) quando seguia para sua casa na Rua Francisco Nicodemos Silva, 203 (Bairro Renê Lucena) em Brejo Santo.

“Seu Pedro” foi socorrido às pressas por familiares ao Hospital Geral de Brejo Santo e, depois, transferido ao HRC em Juazeiro com traumatismo craniano. Todavia faleceu três dias depois. Neste dia consagrado ao pedestre, o Seguro DPVAT informou que se constitui na segunda categoria mais indenizada. Só este ano cerca de 170 mil indenizações foram pagas para vítimas de acidentes de trânsito, sendo 42.650 exclusivamente para pedestres.

De acordo com a seguradora, são coberturas por mortes, invalidez permanente e despesas médicas e hospitalares. As vítimas fatais também ocupam o segundo lugar nas indenizações pagas pelo DPVAT num total de 5,5 mil. Além disso, mais de 32 mil pedestres foram indenizados por invalidez permanente. Em relação aos indenizados, o predomínio é para a faixa etária de 18 a 34 anos.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...