Jovem de 23 anos foi morto a tiros na cabeça na Praça Padre Cícero em Milagres

Homicídio no Cariri

0 276
Lucas foi lesionado a tiros na cabeça e morreu no local (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Um mês e 11 dias após novo homicídio foi registrado no município de Milagres. Por volta das 18 horas desta sexta-feira, na Praça Padre Cícero perto da antiga rodoviária da cidade, o ex-presidiário Lucas de Sousa Pereira, de 23 anos, que residia no Sítio Cabaceiras de Baixo na zona rural de Milagres, foi morto a tiros. No local, a polícia não conseguiu informações sobre a autoria já que populares disseram ter ouvido apenas cinco estampidos de arma de fogo e a vítima alvejada com três tiros na cabeça.

O jovem morreu no local e teve o corpo recolhido pelo rabecão para ser necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro. Um Inquérito Policial que o indiciou por crime de roubo foi protocolado no dia 14 de outubro de 2013 na Comarca de Missão Velha tendo como vítima Marcelo dos Santos Sousa. Dez dias após a justiça relaxou sua prisão por excesso de prazo na formação da culpa já que o Ministério Público tinha solicitado a realização de novas diligências.

Este foi o primeiro homicídio do mês de junho em Milagres e o quinto de 2017 no município, onde, no ano passado, quatro pessoas tombaram mortas. O último deste ano tinha ocorrido no dia 5 de maio quando o ex-presidiário Pedro Irineu Bezerra Neto, de 36 anos, o “Pedrim de Seu Joaquim” que residia na Rua Rita Pereira Leite (Bairro Francisca do Socorro), foi morto a tiros na estrada de acesso ao Sítio Olho D’água da Igreja. Ele respondia por um crime de homicídios, lesão corporal e furto.

Num intervalo de uma semana sete homicídios foram registrados no Cariri, sendo dois em Juazeiro, outros dois em Jardim e os demais em Campos Sales, Crato e Milagres. No último Sábado foram mortos Cosmo da Silva Joventino, de 27, em Campos Sales; Otácío do Nascimento Teles, de 17, em Crato e Francisco José Henrique da Silva, de 35, em Jardim. Segunda-feira, Moacir Lourenço de Souza, de 54, em Jardim. Terça-feira, Francisco Pereira de Sousa, de 48, e, na quinta, Rafael David Guedes dos Santos, de 19 anos, ambos em Juazeiro.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório
você pode gostar também