Nove acidentes nas últimas horas deixaram saldo de três mortos e seis feridos no Cariri

Trânsito no Cariri

Fiat foi parar nas margens da via férrea no bairro Antonio Vieira, enquanto o motorista de um carro bateu numa calçada na Avenida Leão Sampaio e o piloto de uma moto na traseira de um ônibus em Crato (Foto: Reprodução)

Além das mortes de Elizabeth Silva Lima, de 25, José Alan Ferreira de Oliveira, de 26, e Juscelino Augusto Freire, de 27 anos, todos em acidentes com motos, respectivamente, na sexta em Caririaçu, sábado em Brejo Santo e domingo em Crato, outras seis ocorrências de trânsito em Juazeiro, barbalha e Crato deixaram seis pessoas feridas, sendo quatro em Juazeiro. Por volta das 8 horas de sábado, porém, houve apenas danos materiais num acidente na Rua Leão XII no bairro Salesianos.

O mesmo ocorreu duas horas após, na Avenida Paulo Maia imediações da Estação do Metrô (Bairro Antonio Viera), quando o motorista de um Fiat Siena de cor preta perdeu o controle de direção do carro e caiu às margens da via férrea. Já às 12h30min o condutor de um veículo Sedan de cor prata também perdeu o controle ao trafegar pela Avenida Leão Sampaio perto do Restaurante Taberna da Carne em Juazeiro. Ele bateu violentamente numa calçada e o carro ficou bastante avariado.

No final da tarde deste domingo, a aposentada Maria das Graças dos Santos, de 65 anos, residente na Avenida João Evangelista Sampaio do Sítio Lagoa em Barbalha, foi atropelada perto de sua casa por uma moto, cujo piloto seguiu adiante na sua viagem. Ela terminou socorrida por populares ao Hospital São Vicente. Já às 21 horas, no bairro Frei Damião em Juazeiro, um carro desgovernado atropelou três adultos e uma criança, cujo motorista fugiu. Na tarde de ontem, na Avenida Padre Cícero (São Miguel) em Crato, o piloto de uma moto se feriu após bater na traseira de um ônibus da Via Metro.

Por outro lado, na Rua Alencar Peixoto (Socorro) em Juazeiro, a polícia abordou Cícero José S. Pereira, de 30 anos residente no Salgadinho o qual pilotava uma moto Yamaha de cor preta com o lacre violado, sem habilitação e embriagado. O mesmo ocorreu em Lavras da Mangabeira com o agricultor Cícero Pereira da Silva, de 36 anos, residente no Sitio Recreio, que pilotava uma Honda XR 200 de cor vermelha após ter ingerido bebidas alcoólicas.

Fonte Demontier Tenório Site Miséria
Carregando...