Criança de 8 anos atingida pela prima com um tamanco morreu em hospital de Barbalha

Fatalidade

Dávila morreu por volta das 14h30min desta sexta-feira (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Uma fatalidade é como poder ser definida a morte da criança Dávila Chaylane Duarte, de apenas 8 anos de idade. O óbito ocorreu por volta das 14h30miin desta sexta-feira em um dos leitos de UTI do Hospital Santo Antonio de Barbalha. Ela morava no bairro Malvinas naquele município, onde foi vítima de uma agressão com um tamanco na cabeça na tarde do última terça-feira, dia 24 de outubro.

A mesma terminou socorrida às pressas por familiares ao hospital barbalhense, onde morreu três dias após com a constatação de traumatismo craniano decorrente da contusão. Segundo uma tia da vítima, Dávila estava brincando com sua prima de 11 anos de quem era muito amiga quando passaram a discutir. Em meio ao conflito, ela foi atingida pelo tamanco atirado pela outra criança.

Por se tratar de uma morte violenta o corpo deu entrada no final da tarde de ontem para ser necrosado na Perícia Forense de Juazeiro do Norte já tendo sido entregue à família para o velório e o sepultamento previsto para a manhã deste domingo no Cemitério de Barbalha. A tipificação deve caminhar para um crime de homicídio culposo quando a pessoa não tem a intenção de matar.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório
Carregando...