Jovem foi morto a tiros esta tarde no bairro Guarani em Campos Sales

Execução à bala

Romário foi morto a tiros no bairro Guarani em Campos Sales (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Após um intervalo de 12 dias um novo homicídio foi registrado em Campos Sales se constituindo no segundo do mês de outubro e o décimo segundo de 2017 no município ou 75% dos 16 assassinatos registrados no decorrer do ano passado. Por volta das 15h30min deste sábado, num terreno murado em construção na Rua Celerino N. de Carvalho (Bairro Guarani), o agricultor Romário Costa da Silva, de 30 anos, foi baleado na cabeça por dois homens usando capacetes numa moto pequena e morreu no local.

Ele estava na companhia de uma pessoa identificada como “Edi Santos Filho de Santa Mamelão”, residente no Bairro Guarani, que correu. A vítima morava na Rua Francisco Veloso de Andrade, 421 naquele bairro e respondia processo por crime de trânsito desde setembro de 2013 por entregar veículo a uma garota não habilitada; Ação Penal por lesão corporal num crime de violência doméstica contra Maria Gilma da Silva Pereira e resistência à prisão protocolada no dia 4 de outubro de 2013 na Comarca de Campos Sales e outro crime de trânsito por embriaguez ao volante em julho.

O outro homicídio deste mês em Campos Sales tinha ocorrido na noite do dia 16 de outubro e era um tio de Romário quando o ex-presidiário Francisco Dantas Costa, de 46 anos, o “Nego Velho” que respondia por assaltos, foi morto com dois tiros na cabeça e nas costas. Ele morava na Travessa Francisco Veloso de Andrade (Bairro Guarani) onde o crime aconteceu quando estava sentado numa cadeira na calçada de casa e foi surpreendido com a chegada de dois homens numa moto Honda Fan.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório
Carregando...