Acusado de crime de lesão corporal foi morto a tiros esta tarde em Mauriti

Homicídio no Cariri

(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Quase um mês depois e um novo homicídio foi registrado no município de Mauriti. Por volta das 16h30min desta sexta-feira Cícero Genival Furtado da Silva, de 42 anos, estava em sua residência na Rua Projeta no bairro Vila de Fátima quando chegaram dois homens numa motocicleta Honda Fan. Segundo testemunhas, o garupeiro desceu quando foi ao encontro da vítima.

No momento em que Genival o viu sacando uma arma de fogo ainda tentou correr, mas foi em vão, pois houve perseguição e os disparos que causaram sua morte no local que fica próximo a rodovia estadual de acesso ao Distrito de Umburana. A polícia foi avisada e uma patrulha da PM diligenciou sem o êxito de localizar os acusados. Genival respondia procedimento por crime de lesão corporal.

Este foi o primeiro homicídio do mês de novembro em Mauriti e o décimo segundo de 2017 no município, superando as 11 pessoas assassinadas no decorrer do ano passado. O último deste ano tinha ocorrido no dia 6 de outubro na CE-152 que dá acesso ao Distrito de Palestina quando Cícero Adriano da Silva, de 29 anos, que residia no bairro Serrinha e era acusado do tráfico de drogas, foi morto a tiros. Ele trafegava numa moto Honda CG 150 de cor preta quando foi atocaiado e executado à bala.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório
Carregando...