Aposentado foi morto a pedradas em Nova Olinda e os dois acusados estão presos

Homicídio no Cariri

Ricardo e “Zeli” foram presos e autuados em flagrante para responderem por homicídio e já estão recolhidos à cadeia pública de Nova Olinda (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Pouco mais de três meses depois e um novo homicídio foi registrado no município de Nova Olinda. Por volta das 17 horas deste domingo, no bairro Vila Alta em Nova Olinda, o aposentado Cícero José da Silva, de 66 anos, “Cabeludo” que residia na Rua São José naquele bairro, foi morto a pedradas. Ele criava porcos e mantinha algumas rixas por motivos banais com duas pessoas que moram próximas e, inclusive, com troca de ameaças.

O crime aconteceu perto da casa da vítima e, no local, a polícia soube quem eram os autores e que, também, teriam saído lesionados. Uma patrulha comandada pelo Sargento Landim esteve no hospital local e deu voz de prisão a Ricardo Gonçalves de Oliveira, de 30, residente na Leonel Pereira (Bairro Piçarreira) e José Leite dos Santos, de 48 anos, o “Zeli” morador da Rua São João no bairro Vila Alta. Ambos foram autuados em flagrante na Delegacia de Polícia Civil de Crato pelo Delegado Flávio Santos da Silva.

Foi o primeiro homicídio de novembro em Nova Olinda e o quarto de 2017 ou o dobro em relação aos dois registrados no decorrer do ano passado. O último deste ano tinha ocorrido no dia 2 de agosto contra o eletricista Ramalho da Silva Barbosa, de 30 anos, morto a tiros de pistola na porta de sua casa na Rua Jorge Furtado Leite no bairro Nossa Senhora de Fátima. O crime foi praticado por três homens numa caminhonete Nissan Frontier preta usando coletes à prova de balas e se passando por policiais civis.

Fonte Site Miséria
Texto Demontier Tenório
Carregando...