Ladrões furtam baterias de armadilhas da secretaria de saúde do estado para capturar mosquito transmissor do calazar

No Icó

Um caso inusitado ocorreu nas últimas horas no Icó, em uma vacaria, localizada nas proximidades da Prainha do Salgado. Ladrões furtaram
3 baterias de 6 volts que eram acopladas as armadilhas CDC, para capturar o mosquito transmissor da leishimaniose viral, o calazar.

As baterias furtadas eram da secretaria de saúde do estado. Na manhã de hoje, quando funcionários da secretaria de saúde chegaram ao local, constataram o furto.

Um boletim de ocorrência foi feito na delegacia regional de polícia civil. As baterias só servem para as armadilhas e se forem carregadas receberão uma sobrecarga, correndo o risco de explosão.

Fonte Site Miséria Com informações do correspondente Richard Lopes

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu celular ou computador, inscreva-se agora.

Carregando...