Temer consegue votos suficientes para barrar denúncia

Câmara livre presidente

Temer consegue votos suficientes para barrar denúncia na Câmara (Foto: Reprodução)

A Câmara dos Deputados rejeitou, pela segunda vez, denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer (PMDB). Desta vez por obstrução de justiça e organização criminosa.

O voto, que aconteceu por volta das 20h20, horário oficial de Brasília, garantiu a manutenção de Temer na presidência foi o “sim” do deputado Francisco Floriano (DEM-RJ). Ele foi o 158º a votar “sim”, e se somou aos 14 ausentes para dar vitória ao governo.

A base aliada precisava de 172 votos (entre “sim”, ausências e abstenções) para impedir a admissibilidade da denúncia contra Temer. A oposição não consegue mais alcançar o voto dos dois terços dos parlamentares necessários para dar prosseguimento à investigação no STF (Supremo Tribunal Federal). O resultado ficou 251 votos concordando com o relator para arquivar a denúncia contra 233 para dar continuidade no processo.

Com isso, os deputados decidiram, em votação em plenário, rejeitar as acusações contra Temer e também contra os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Eliseu Padilha (Casa Civil). Agora, eles só poderão ser processados após deixarem os cargos.

Fonte Site Miséria
Texto João Boaventura Neto
Carregando...